Tipos de pisadas: descubra qual é o seu e qual o tênis ideal!

**Sabe aquela sensação de quando o seu próprio tênis não parece ser seu? **

Ou quando o seu pé não se encaixa perfeitamente no tênis, ainda que ele seja novo?

Se você já passou por isso ou ainda passa, **provavelmente o seu tipo de pisada é diferente do seu tênis. **

Os tipos de pisadas são definidos por fatores biológicos e anatômicos, por isso, cada pessoa tem o seu. Por isso, ser negligente com a sua pisada pode comprometer seu dia a dia.

O que pode influenciar na sua pisada?

Entre as possibilidades que podem** influenciar na sua pisada**, podemos destacar principalmente os** pés e os joelhos.**

Os pés

Os pés são um dos **principais determinantes **na maneira de como você caminha. A medicina ortopédica define os pés de 3 maneiras: pé normal; pé plano e pé Cavo.

tipos de pisadas

  • O** pé normal,** faz com que o peso do corpo seja distribuído de forma mais **equilibrada. **
  • O** pé plano**, ou pé chato, tem contato com o solo quase que por inteiro e possui forma retilínea.
  • Já o** pé cavo**, tem seu arco bastante curvado. Muitas vezes, a planta do pé quase não encosta no chão.

Os joelhos

Os joelhos também têm relevância na pisada, essa articulação pode possuir alguns desvios classificados de duas maneiras:

  • Joelho valgo, se trata da aproximação das articulações e o afastamento dos pés, caracterizando as conhecidas** “pernas para dentro”.**
  • O** joelho varo,** constitui no arqueamento das pernas, desenvolvendo a projeção das articulações para fora.

Além destas, a angulação do quadril, flexibilidade de articulações e músculos, também influencia nos tipos de pisadas. Nessa lógica, é importante escolher corretamente o calçado para evitar os malefícios que iremos citar agora.

Malefícios de errar o tipo de pisada

Apesar de parecer que apenas a escolha do numeração é importante, não é o suficiente para se ter conforto e segurança. Isso porque, o uso de tênis com a pisada incoerente ao seu tipo, pode lhe causar sérios problemas.

Entre as desvantagens de** escolher o calçado errado **para os tipos de pisadas, destacamos:

  • **aparição de dores **nos pés, joelhos, quadril e coluna;

  • calos e bolhas;

  • aumento do** risco de lesões;**

  • perda de desempenho;

  • possíveis problemas crônicos (tendinites, canelites e deformidades ósseas).

Tendo conhecimento desses riscos, é importante saber o seu próprio tipo de pisada.

Tipos de pisadas

Existem **3 tipos de pisadas: pronada, supinada e neutra. **Veja a seguir como funciona cada uma.

Pisada Pronada

A pisada pronada ocorre quando o caminhar se inicia com a parte esquerda do calcanhar e** finaliza na área do pé próxima ao dedão.** O desgaste do calçado, neste caso, é maior na sua parte interna.

Neste tipo de pisada, o pé sofre uma rotação exagerada para sua parte interna assim que o calcanhar toca o chão. Ocorre, portanto, um desequilíbrio de distribuição do peso. Afinal, a **parte externa quase não tem contato com o solo. **

A maior parte das pessoas possuem esse tipo de pisada, que é ainda mais comum em mulheres. A dica para esse tipo de pisada são** tênis com amortecimento e controle de estabilidade** como o: Asics Gel-Equation 9 A.

Pisada supinada

Este tipo de pisada ocorre diferentemente do passo da pronada. Pois seu **caminhar **inicia no calcanhar e finaliza no dedo mínimo dos pés.

Geralmente, essa pisada ocorre em pessoas que têm o chamado pé cavo, sendo apenas uma **pequena parte da população mundial. **

Para pisada, recomenda-se tênis com reforço no amortecimento e controle de estabilidade, como o Mizuno Wave Guardian S. Isto é necessário porque pessoas que têm essa pisada costumam possuir os pés mais rígidos.

**Pisada neutra **

A pisada neutra é reconhecida essencialmente por seu passo finalizar na região frontal do pé.

Cerca de menos da metade da população mundial tem essa pisada. Além disso, são estas pessoas que** têm a menor restrição para escolher um calçado.**

Isso se deve ao fato do impulso ser uniforme e com boa divisão do contato interno e externo do pé. Não havendo assim, desequilíbrio excessivo do peso.

Desse modo, para pessoas que possuem essa pisada, um amortecimento leve já é o suficiente como os Skechers Dynamight e o Adidas CF Lite Racer.

Como descobrir qual é o seu tipo de pisada?

Tendo conhecimento dos 3 diferentes tipos de pisadas, o que você deve estar se perguntando é qual seria o seu. Para saber isso, é interessante **buscar um médico ortopedista, **de preferência com especialização em tornozelo e pé.

Mas, caso prefira fazer em casa, vamos te explicar como descobrir****isso de forma bem** simples e rápida.**

Para este teste você irá precisar apenas de:

  • água;

  • caneta ou canetinha; e

  • folhas de jornal.

Após reunir esses itens, basta seguir os 5 passos:

  • Molhe as solas dos pés;

  • Caminhe sobre folhas de jornal;

  • Contorne o desenho das suas pegadas;

  • Observe suas pegadas formadas no jornal; e

  • Compare suas pegadas com as pegadas dos desenhos anteriores.

Não sofra por conta da sua pisada!

Agora que sabe os tipos de pisadas e como identificar a sua, **aproveite o conforto dos tênis ideais para você.****Esperamos ter lhe ajudado. **

Nosso objetivo é fazer com seu dia a dia tenha atividades cada vez mais agradáveis. Por tudo isso, até a próxima!

Tipos de pisadas: descubra qual é o seu e qual o tênis ideal!
Compartilhe

Inscreva-se em Esporte Legal